Máscara de gravidez

O que é a máscara de gravidez?

Também conhecida como melasma, a máscara de gravidez afeta quase exclusivamente as mulheres grávidas.

Sintomas da máscara de gravidez

A máscara de gravidez é uma condição de pele que aparece como manchas pigmentares de forma irregular no rosto (testa, nariz, maçãs do rosto ou topo do lábio), no pescoço ou no decote. A máscara de gravidez aparece em algumas mulheres grávidas após o primeiro trimestre de gravidez e pode durar após o parto, até aos seis meses de vida do bebé.

 

Causas do melasma

A máscara de gravidez ocorre devido a uma sobreprodução de melanina, o pigmento responsável pela cor da epiderme, pelos melanócitos, as células especializadas em bronzeado, que se encontram num estado de hiperfunção. A perturbação hormonal causada pela gravidez e o aumento dos níveis hormonais, particularmente de estrogénio, é responsável por esta produção excessiva de melanina. O tipo e localização da exposição aos raios solares também desempenha um papel na sua ocorrência. Tenha em atenção de que mesmo um nível muito baixo de luz solar é suficiente para fazer aparecer a máscara de gravidez. Os fatores genéticos também podem desempenhar um papel no aparecimento da máscara de gravidez (fotótipo, história familiar, etc.). 

Quem é afetado pela máscara de gravidez?

Ao contrário do seu nome, não são só as mulheres grávidas que podem desenvolver a máscara de gravidez.

As mulheres grávidas são as mais afetadas pela máscara de gravidez.

Em França, pensa-se que 5% das mulheres grávidas são afetadas pela máscara de gravidez, mas a sua prevalência varia muito de país para país. As mulheres com pele escura são geralmente mais afetadas pela máscara de gravidez do que as mulheres com pele clara. É o fotótipo de cada pessoa, ou seja, a sua cor de pele e cabelo, que determina o risco de desenvolver esta condição de pele. Os fotótipos mais escuros 4 e 5 são os mais afetados. 

 

Se já sofreu de máscara de gravidez durante uma gravidez, deve ficar atenta e lembrar-se de se proteger com um creme solar apropriado. Isto porque as mulheres afetadas pela máscara de gravidez correm o risco de voltar a tê-la em gravidezes posteriores.

Contudo, os homens também podem ser afetados por esta condição.

Alguns homens também podem desenvolver manchas solares no rosto que se parecem com uma máscara de gravidez. Chama-se melasma ou cloasma. Mais uma vez, tal pode dever-se à utilização de um tratamento estrogénico, por exemplo no caso do cancro da próstata, ou devido a uma exposição excessiva e demasiado frequente ao sol. 

 

ACONSELHAMENTO AMIGÁVEL E ESPECIALIZADO 

Como evitar a máscara de gravidez

Tal como com os escaldões, prevalece a fórmula "risco zero = exposição zero". Para evitar a máscara de gravidez, é essencial proteger-se do sol, evitando a exposição solar, usando um chapéu e um creme solar de proteção elevada adequado. 

Cuidados para a máscara de gravidez

Cuidados para a máscara de gravidez

Geralmente, o melasma desaparece após o parto. Se não for esse o caso, pode consultar um dermatologista que lhe prescreverá cremes despigmentantes à base de hidroquinona. Também pode ser realizada uma despigmentação, ou seja, uma máscara composta por ingredientes ativos que ajudam a combater os distúrbios de pigmentação da pele.

 

Na mesma gama

AS NOSSAS SOLUÇÕES PARA PROTEGER O NOSSO FUTURO

Produtos de cuidado da pele da Eau Thermale Avène concebidos para proteger a pele e respeitar os oceanos

Compacto Com Cor SPF 50 Areia Proteção elevada

Compacto Com Cor SPF 50 Areia Proteção elevada

Maquiagem, protege, até

Compacto Com Cor SPF 50 Dourado Proteção elevada

Compacto Com Cor SPF 50 Dourado Proteção elevada

Maquiagem, protege, até