Regras para a exposição ao sol

Resumo da questão

Regras para a exposição ao sol

Porque é que a exposição ao sol pode ser tão perigosa?

Quando se expõe ao sol, seja na praia, seja na cidade, seja durante uma hora, seja durante toda a tarde, está sempre a correr riscos. E estes são muitos: escaldão, alergia ao sol, envelhecimento da pele sob a forma de manchas do sol ou, pior, cancro da pele… É por isso que é essencial escolher cuidadosamente a sua proteção solar e o tempo que passa ao sol, enquanto segue algumas regras básicas para uma exposição solar segura.

As regras da exposição solar

Dependendo do contexto e do tipo de radiação solar, que varia de acordo com a altitude, latitude, estação e hora do dia, recomenda-se proteger-se de TODOS os raios solares (embora os raios UVB sejam a principal causa dos escaldões).

Regra 1: escolher o momento certo para se expor ao sol

Ao “meio-dia solar”, ou das 12h às 16h, fique na sombra! Isto é quando o sol está no seu pico, ou seja, mais alto no céu: é a altura em que a radiação UV é mais intensa e, portanto, mais perigosa. Evite sair para o sol durante esta hora.

Regra 2: proteção com vestuário

Cobrir-se com roupa é a forma mais segura de proteger a sua pele do sol. Por isso, não descure de vestuário e acessórios: use uma t-shirt, um chapéu ou um boné e óculos de sol. Esta é a combinação vencedora para proteger os seus ombros, o topo da cabeça e os olhos. O sol pode causar danos nos olhos que podem resultar em graves problemas de visão (por exemplo, cataratas). Só há uma coisa a lembrar: sombra e óculos de sol desde tenra idade!

Regra 3: reflexo com creme solar

Para proteger a sua pele, escolha um bom produto de proteção solar com elevada proteção contra raios UV, ou SPF, que se adapte ao seu fotótipo e tipo de pele (sensível, intolerante ou frágil). Se quiser assinalar todas as caixas, também deve escolher uma proteção solar que tenha filtros solares minerais e orgânicos, que seja resistente à água e ao suor, hipoalergénica e sem perfume. Aplique a sua proteção solar em todas as áreas expostas, incluindo o pescoço e as costas das mãos, e (mais importante) lembre-se de voltar a aplicar, pelo menos, de duas em duas horas e de cada vez que nadar, tirar a toalha ou transpirar. 

Regra 4: mantenha o corpo hidratado!

Ao sol, aquece muito rapidamente. Para evitar insolação e desidratação, lembre-se de beber muita água. Seja com gás, seja sem gás, de um frasco ou de uma garrafa, não importa, desde que se lembre de beber!

Regra 5: tudo com moderação

O sol pode penetrar a pele, por isso, não exagere. Fazer pausas entre a exposição solar permite que a pele “respire” antes de se expor novamente ao sol. Mas tenha em mente o seu capital solar e os efeitos cumulativos do sol.

  • <p>Regra 2</p>

    Regra 2

  • <p>Regra 3</p>

    Regra 3

  • <p>Regra 4</p>

    Regra 4

ACONSELHAMENTO AMIGÁVEL E ESPECIALIZADO

Quando não deve expor-se ao sol (de todo)

É importante evitar a exposição solar a todo o custo nos seguintes casos:

  • Quando o sol está no seu auge.
  • Quando se tem proteção solar insuficiente.
  • Para bebés e crianças pequenas, cuja pele é mais frágil do que a nossa.
  • Se tiver um escaldão que ainda não tenha sarado.
  • Se estiver a tomar medicamentos fotossensibilizantes (tais como anti-inflamatórios ou antibióticos).

Estas regras devem ser incutidas nas crianças mais novas desde tenra idade e devem ser ainda mais escrupulosamente observadas para as crianças com pele mais frágil.

Na mesma gama

AS NOSSAS SOLUÇÕES PARA PROTEGER O NOSSO FUTURO

Produtos de cuidado da pele da Eau Thermale Avène concebidos para proteger a pele e respeitar os oceanos

Spray SPF 50+

Spray SPF 50+

Protege

Leite SPF 50+

Leite SPF 50+

Protege

Creme SPF 50+

Creme SPF 50+

Acalma, protege