Proteção da pele no inverno

Resumo da questão

Proteção da pele no inverno

Bons hábitos para proteger a sua pele do sol no inverno

No inverno precisamos de continuar com os nossos hábitos de proteção solar, por exemplo utilizando um hidratante com SPF ou adicionando um SPF leve à nossa rotina matinal de cuidado da pele. É importante escolher uma forma de proteção adequada ao seu estilo de vida e ritmo: se passar muito tempo ao ar livre, pode aplicar mais SPF, mas se trabalhar num escritório atrás de um computador durante todo o dia, um SPF 15 aplicado uma vez por dia é suficiente. 

Como é que o sol de inverno afeta a nossa pele?

O sol não tira férias! Está presente durante todo o ano, mesmo que seja um pouco menos "agressivo" do que no verão. No inverno, os raios UVB responsáveis pelas vermelhidões ou irritações provocadas pela exposição ao sol diminuem e são menos perigosos, mas tal não é o caso dos raios UVA, que são responsáveis pela deterioração progressiva da pele, pelo envelhecimento da pele e pelo aparecimento de manchas solares desagradáveis. Também é importante lembrar que os UVA podem atingir as camadas mais profundas da derme e, por isso, podem ser responsáveis pelos danos de ADN observados nos cancros da pele.

 

A sua pele deve ser protegida sempre que estiver no exterior durante mais de 15 minutos, seja num terraço ou nas montanhas. Para se proteger, o vestuário e os óculos de sol apropriados também são importantes.

ACONSELHAMENTO AMIGÁVEL E ESPECIALIZADO 

Sol nas montanhas: cuidado com o perigo

Nas montanhas, a sua pele está ainda mais exposta aos efeitos nocivos do sol, devido à altitude e à luz solar refletida. A neve reflete os raios UV, aumentando a quantidade de radiação que chega até si: 80% dos raios UV refletem-se na neve e atingem a sua pele ainda com mais força.

Também é reconhecido que a quantidade de UV aumenta 4% a cada 300 metros, o que significa que a uma altitude de 3000 metros há 40% mais UV do que na praia. Além disso, o ambiente pode ser enganador e nem sempre lhe dá uma sensação objetiva sobre se vai ou não ter vermelhidões ou irritações provocadas pela exposição ao sol: a sua pele está quase "anestesiada" pelo frio e pelo vento que dão uma impressão de frescura. Contudo, as nuvens brancas filtram muito poucos raios UV, embora possam fazer crer que o risco de queimaduras solares é baixo.

Nesta situação, é recomendado proteger-se com óculos de sol e creme solar com um SPF elevado (pelo menos 30) e renovar esta proteção pelo menos a cada duas horas, especialmente se estiver a esquiar ou se passar muito tempo ao ar livre.

Na mesma gama

AS NOSSAS SOLUÇÕES PARA PROTEGER O NOSSO FUTURO

Produtos de cuidado da pele da Eau Thermale Avène concebidos para proteger a pele e respeitar os oceanos

O Stick para Zonas Sensíveis SPF 50+

O Stick para Zonas Sensíveis SPF 50+

Protege

Reflexe Solaire SPF 50+

Reflexe Solaire SPF 50+

Protege

SunsiStick KA SPF 50+ Proteção muito elevada

SunsiStick KA SPF 50+ Proteção muito elevada

Protege

B-Protect SPF 50+

B-Protect SPF 50+

Melhora, protege, até