Conteúdos

Viver com pele com tendência para eczema e psoríase: Crianças

Eczema e psoríase: a sensibilidade particular das crianças Ser afetado por eczema ou psoríase é uma fonte quase permanente de desconforto. Especialmente para os muito jovens. Comichão, falta de sono, stress, por vezes provocação... estas duas condições afetam a sua qualidade de vida. Juntos podem ultrapassar esta provação.

av_eczema-psoriasis_bebe_1x1_v1 472x472

Psoríase e eczema nas crianças: quais são as diferenças?

A psoríase ocorre geralmente em indivíduos geneticamente predispostos. Manifesta-se por uma renovação excessivamente rápida das células epidérmicas e por uma inflamação crónica da pele.
O eczema, por outro lado, é uma combinação de uma barreira cutânea alterada e uma maior sensibilidade do sistema imunitário aos alergénios, o que torna a pele mais reativa.
Embora sejam diferentes nas suas causas, as duas condições são semelhantes em muitos aspetos. Ambas são condições crónicas marcadas pela alternância de surtos e períodos de remissão. As placas são vermelhas e podem causar muita comichão. Embora a psoríase nas crianças não seja muito comum, o eczema atópico afeta 10-15% das crianças com menos de 7 anos na Europa. 

 

Psoríase e eczema nas crianças: os sinais que não enganam

Os surtos são marcados pelo aparecimento de placas.
Na psoríase, estas lesões são vermelhas e escamosas. Nas crianças, raramente dão comichão e afetam principalmente zonas onde há fricção: cotovelos, parte de trás dos antebraços, joelhos, pernas, zona lombar. Podem também afetar o couro cabeludo, sobrancelhas, canais auditivos. Ou até mesmo as unhas, as palmas das mãos ou as solas dos pés.

Por outro lado, as manchas de eczema atópico (que se desenvolvem normalmente em bebés e crianças) são frequentemente menos espessas, menos bem definidas e menos escamosas do que as placas de psoríase. No entanto, dão comichão. Em crianças com menos de um ano de idade, elas afetam certas zonas do rosto (testa, queixo, bochechas) e membros (pernas, braços). Entre as idades de um e dois anos, o eczema é mais prevalecente na cabeça, pescoço e dobras de flexão. Em crianças com mais de dois anos de idade, são as dobras (pescoço, debaixo das orelhas, cotovelos, joelhos, nádegas), mãos, pulsos e tornozelos que são afetados.

Psoríase nas crianças

Eczema atópico

Zonas do eczema - rosto e pescoço

Dicas antiprurido para crianças

 

av_eczema-psoriasis_enfant_rougeur_cou_1x1 472x472

A comichão e o ardor causados por estas condições é um verdadeiro sofrimento para as crianças, e rapidamente se torna uma fonte de stress com um impacto significativo na sua vida quotidiana.

av_carnets-experts_bebe_maman_1x1 472x472

 

Como reagir enquanto
pais?

Se o seu filho sofre de dermatite atópica ou psoríase, sabe como por vezes pode ser difícil de gerir. O que poderia ser mais desanimador do que ver o seu filho sofrer e não saber como ajudar? Acima de tudo, mesmo que estas condições tenham um lado hereditário, não se sinta responsável. Por outro lado, tem um papel a desempenhar. Pode apoiá-los e ajudá-los a lidar com eles. Falar com eles, encorajá-los a expressar o que sentem. É importante não minimizar o seu desconforto. E, claro, identificar o que origina os surtos e tomar parte ativa nos seus cuidados.

CONSELHO DE AMIGO (E DO ESPECIALISTA)

 Pruritus, essa sensação de comichão insuportável, é um círculo vicioso. Por outras palavras, quanto mais o seu filho coçar, mais ele vai querer coçar. Mas é muito difícil proibir uma criança de não tocar onde tem comichão. Felizmente, existem alternativas. Quando tiverem comichão, encoraje-os a coçar o seu brinquedo fofinho, desvie-lhes o pensamento fazendo alguma atividade física...

Dicas de cuidados antiprurido

av_eczema-psoriasis_dermatologue_enfant_1x1_v1 472x472

O que são 
os cuidados?

Cuidar do eczema ou da psoríase envolve três intervenientes chave: o seu filho, você enquanto progenitor e o seu médico. Antes de mais, apenas um exame médico (por um pediatra, dermatologista ou médico de clínica geral) permitirá um diagnóstico claro, uma melhor compreensão da condição e o tratamento mais eficaz a ser posto em prática. Isto dependerá de vários fatores, tais como o impacto na qualidade de vida e a gravidade dos sintomas.

Cuidados com o eczema atópico.

Cuidados com a psoríase

Como se pode prevenir o eczema e a psoríase?

Para além dos cuidados, pode tomar medidas para prevenir surtos e prurido. A prevenção baseia-se em três pilares que ajudarão o seu filho a sentir-se melhor. O primeiro destes pilares é a hidratação. Um cuidado emoliente ou hidratante irá restabelecer a função de barreira da pele e prevenir um novo surto. Pode descobrir tudo sobre isso no nosso Destaque sobre regras de hidratação. 
Segundo pilar: higiene adequada. Muitos pais pensam que é melhor espaçar os banhos ou duches das crianças afetadas por eczema ou psoríase. No entanto, a higiene é necessária. Então como podemos evitar irritar a pele quando nos lavamos? Encontre a resposta no nosso Destaque sobre a higiene adequada. 

O último pilar: evitar coçar para não danificar a pele. Não é uma tarefa fácil. Mas não se preocupe. Também aqui existem soluções simples, tais como a utilização de seixos lisos. Veja os nossos destaques dedicados. 

av_eczema-psoriasis_application_creme_produit_1x1_v1 472x472
ECZEMA E PSORÍASE EM CRIANÇAS: RESPONDEMOS ÀS SUAS PERGUNTAS

Para distinguir entre verdadeiro e falso: é para isso que estamos aqui.

Esta é uma crença muito antiga... mas é apenas uma crença. Nenhuma das condições é contagiosa. São ambas condições crónicas, inflamatórias. São provocadas por anomalias cutâneas e fatores ambientais, tais como alergénios.

Infelizmente, não. Os tratamentos e cuidados existentes destinam-se a lidar com os sintomas. São muito eficazes, mas o seu objetivo não é fazer desaparecer a condição de uma vez por todas, mas tratar os sintomas durante a fase aguda e evitar a ocorrência de novos surtos.

Sim, é verdade. O stress afeta o sistema imunitário. Pode piorar ou desencadear uma crise.

Sim, é claro. Tenha cuidado, porém, pois o cloro e o sal podem ser irritantes. O seu filho deve, portanto, seguir algumas instruções. A primeira é aplicar um creme de barreira antes de nadar. Este irá proteger a pele. Em seguida, enxaguar com água fresca depois de nadar. Finalmente, aplicar um produto de cuidado emoliente antes de se vestir.

Os tratamentos de Spa são frequentemente recomendados para crianças de pele com tendência atópica ou que sofrem de psoríase. Incluem cuidados à base de água termal (banhos, duches, curas para beber, etc.), workshops de formação sobre saúde que proporcionam uma oportunidade para a criança e os seus pais aprenderem mais sobre o estado da pele e os seus tratamentos, bem como acompanhamento médico regular.

As nossas soluções para pele jovem e de tendência atópica

Eau Thermale Avène produtos para o cuidado da pele concebidos para ajudar o seu filho a sentir-se melhor na sua pele
av_xeracalm_balm_1_post_3282770114171_ld -2-

Gama XeraCalm A.D

Adoro, não tenho mais vermelhidão, prurido ou alergias. A minha pele está suave.
Voltar ao topo